24.5 C
Santo Antônio de Jesus
segunda-feira, 15 agosto, 2022

Suspeito de ataque a soldados do Exército morre em confronto no Cabula

Relacionados


Um dos suspeitos do ataque contra os soldados do Exército, na localidade da Timbalada, no Cabula, morreu após uma operação realizada na noite de domingo (8).

Segundo informações da Polícia Militar, a operação envolveu equipes da 23ª Companhia Independente da PM (CIPM/Narandiba) e da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT)/Rondesp Central, com apoio do 6º Batalhão de Polícia do Exército. O objetivo era tentar localizar os criminosos que torturaram e obrigaram dois soldados do exército a entrar na Lagoa da Pedreira, onde tiveram que atravessar nadando enquanto levavam tiros

Por meio de nota, a PM informou que o grupo responsável pela operação foi à região da Timbalada por volta das 21h para localizar os autores do crime e, ao chegar ao local, foi recebido por homens que atiraram contra as guarnições, que revidaram.

Após o confronto, a polícia encontrou um dos suspeitos do crime contra os soldados ferido. Ele foi socorrido para o Hospital Roberto Santos, mas não resistiu e morreu na unidade de saúde. Os outros envolvidos conseguiram fugir. 

Ainda de acordo com a PM, durante ocorrência foi apreendida uma arma de fogo, pistola calibre 380.

Procurada, a Secretaria de Segurança Pública confirmou a operação.



Relembre o caso

Era por volta das 2h de domingo quando  três soldados do 6° Batalhão de Polícia do Exército, sediado em Salvador, retornavam de uma festa, de carro. Após um deles ter sido deixado nas proximidades de sua residência, na localidade de Timbalada – comunidade que fica atrás do Colégio Estadual Governador Roberto Santos –, no Cabula, os outros dois foram abordados por um grupo de bandidos armados.

Criminosos que fazem parte da facção Comando da Paz (CP), uma das maiores do estado, espancou dois soldados e, depois, obrigaram os homens a nadarem na lagoa e fugir atravessando pela água, enquanto atiravam contra eles.

Um dos soldados conseguiu atravessar a Lagoa da Pedreira e pedir ajuda. Segundo o Comando da 6ª Região Militar, ele está no Hospital do Exército, em Salvador, para a realização de exames e encontra-se em observação. O outro, Fernando Silveira Gardiano, 21 anos, desapareceu.


Fonte: Correio24horas

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

+ Notícias

O fim da dupla Simone e Simaria pode acabar uma disputa judicial e causar milhões em prejuízo para as “Coleguinhas”

Os fãs da dupla sertaneja Simone e Simaria não tem mais nenhum dia de paz desde que as irmãs tornaram pública...