24.5 C
Santo Antônio de Jesus
quinta-feira, 30 junho, 2022

Em meio à pandemia, clube paulista demite campeão olímpico

Relacionados

Foto: Divulgação

Vencedor da prova de salto com vara na última edição dos Jogos Olímpicos e já classificado para as Olimpíadas de Tóquio, remarcadas para 2021, o atleta ainda não se pronunciou sobre o fim da parceria.

Segundo o clube, a decisão do Departamento de Esportes foi motivada por dificuldades financeiras, agravadas pela pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2). Os funcionários e outros atletas do maior clube poliesportivo latino-americano tiveram os salários cortados em 25%. A situação no basquete masculino profissional foi ainda mais drástica. Todo o time será demitido, até o final de abril.

Na Itália

Nos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016, Thiago Braz saltou 6,03m. Além da medalha de ouro, a marca rendeu ao brasileiro o recorde na competição. O recorde mundial pertence ao sueco Armand Duplantis, com a marca de 6,18m.

Ao lado da mulher, Braz encontra-se isolado na Itália por conta da pandemia de coronavírus, mas ainda conta com o patrocínio da Caixa Econômica Federal e o apoio do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

spot_img
spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

+ Notícias

Combo destes benefícios pode pagar R$ 720 por mês a brasileiros: Veja

O governo federal se prepara para aumentar alguns dos principais programas sociais da atualidade: o Auxílio Brasil e o vale-gás. E com...