Casos de novas variantes do coronavírus são confirmados em Lauro de Freitas

0
190
Lauro de Freitas confirma dois casos de novas variantes do coronavírus — Foto: Divulgação/Prefeitura de Lauro de Freitas
Lauro de Freitas confirma dois casos de novas variantes do coronavírus — Foto: Divulgação/Prefeitura de Lauro de Freitas

Dois casos de novas variantes do coronavírus foram detectadas pelo Laboratório Central da Bahia (Lacen-BA) em Lauro de Freitas, cidade da região metropolitana de Salvador. A informação foi divulgada pela prefeitura nesta quarta-feira (24), quando houve conrimação dos casos.

De acordo com a prefeitura de Lauro de Freitas, o primeiro paciente apresentou a cepa B.128 da SARS COV – 2 identificada inicialmente em Manaus. Já o outro, teve a segunda cepa da linhagem B1.1.7 notificada pela Organização Mundial da Saúde pela primeira vez em janeiro no Reino Unido. Esse segundo paciente reside no município e não possui histórico de viagem.

De acordo com o coordenador do Comitê Operacional em Emergência (COE) da Saúde, Marcelo Galvão, as cepas são identificadas através de sequenciamento genético. Ele informou que o laudo concluiu que trata-se de uma transmissão comunitária já que não houve possibilidade de rastrear a origem da infecção, indicando que o vírus já circula entre nós, independentemente das pessoas terem viajado ou não para o exterior.

Outros casos

Na terça-feira (23), o Lacen identificou uma cepa peruana da SARS-CoV-2 em circulação na Bahia. Trata-se da cepa C.14, que foi introduzida na Bahia a partir de um viajante que desembarcou em Salvador de navio, em fevereiro.

Desde que começou a realizar o sequenciamento genético do vírus SARS-CoV-2, o Lacen identificou 13 diferentes linhagens do vírus em cerca de um ano.

O Lacen já identificou 11 casos da variante de Manaus, conhecida como P.1, considerada uma cepa mais contagiosa.

Em 17 de fevereiro, a Vigilância Epidemiológica do Estado da Bahia confirmou a transmissão comunitária da variante B.1.1.7 do SARS-CoV-2, originalmente detectada no Reino Unido.

Fonte: G1 Bahia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui