24.5 C
Santo Antônio de Jesus
sexta-feira, 17 setembro, 2021

Muniz Ferreira comemora 59 anos de emancipação com novos investimentos e inaugurações que muda a cara da cidade no governo do prefeito Gileno. Veja

Relacionados

Nesta sexta-feira, 30 de Julho, o município de Muniz Ferreira completa 59 anos de Emancipação Política. Localizada no Recôncavo Baiano e com uma população estimada em 7 mil habitantes, a cidade tem um povo honesto e trabalhador, que do suor do seu rosto vem construindo o seu desenvolvimento e promovendo dias melhores. A programação para comemorar o aniversário da cidade começa às 5h da manhã com alvorada; 07h30 hasteamento das bandeiras; 08h Sessão Solene na Câmara Municipal; 17h entrega da requalificação da Ponte Dr. José Marcelino; 18h entrega da requalificação do campo do Distrito da Sodoma e às 19h entrega da requalificação da Praça da Comunidade do Amaral. A população está com mais acesso à água de qualidade. Ainda na sexta, a partir de 9h, Rui Costa vai à cidade para a entrega do Sistema Simplificado de Abastecimento de Água (SSAA) que foi implantado pelo Governo do Estado com investimento de R$165 mil. O novo equipamento beneficia cerca de 80 famílias na localidade Alto da Boniteza.

A história do município

A Cidade começou na antiga Fazenda Paracoara pertencente ao Barão de Taitinga, e que mais tarde seria doada ao mulato Estevam Leone Tintas. A Faz. Paracoara, localizada nas margens do Rio Jaguaripe e com área aproximada de 2.500 tarefas (1.089,0 há) tinha um Engenho de cana-de-açúcar cultivava mandioca, banana, dendê dentre outras atividades agrícolas. Sua sede serviu como ponto de parada para os trens da estrada de Ferro até que fosse construída a estação ferroviária.

Com a construção da estação ferroviária o Barão de Taitinga doou terras para plantios de lavouras no entorno da Estação, surgindo daí as primeiras casas e a primeira Rua que foi o caminho da Estação, (hoje Rua Teófilo Amâncio) que se interligava com o caminho que dava acesso para a Fazenda de Tomáz de Azevedo (hoje Faz. Limoeiro de Zuquinha Barreto).

Com o aumento do nº de casas residenciais, e pontos comerciais, surgiu o Arraial do Rio Fundo (nome com o qual ficou conhecida a Cidade por muitos anos), que foi elevado à categoria de Vila através do Decreto de nº 11,089 de 30/11/1938 da Câmara Municipal de Nazaré, com o nome de Muniz Ferreira, em homenagem ao médico Dr. Manoel Muniz Ferreira, natural do distrito do Onha.

Em 30/07/1962 através da Lei nº 1,770, a Vila de Muniz Ferreira, (até então pertencente ao Município de Nazaré) foi emancipada, desligando-se de Nazaré após um plebiscito que teve à frente o Sr. Teófilo Amâncio dos Santos e o Deputado Humberto Guedes. Em sete de outubro do mesmo ano (1962) foi eleito primeiro Prefeito Municipal de Muniz Ferreira o Sr. Teófilo Amâncio dos Santos.

Na história de Muniz Ferreira destacam-se figuras como a da Profª Elphidia Dantas Freire sergipana que prestou muitos serviços à Educação, a da Profª Cecy Muricy Barreto e Dalmácio Brito de Souza (pai de Dr. Dílson), que deixou seu nome marcado como exemplo de honestidade e caridade. Destaca-se ainda o Vereador Amado Guedes Vieira, dinâmico e trabalhador. Sua população estimada em 2013 era de 7.825 habitantes.

 

spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

+ Notícias

Chá de Inhame: para que serve, como fazer e como tomar

O chá de inhame pode ser consumido tanto por homens quanto por mulheres, pois é capaz de fortalecer o...