24.5 C
Santo Antônio de Jesus
sexta-feira, 17 setembro, 2021

Adriana Araújo processa Record por discriminação e injustiça: Entenda

Relacionados

Após 15 anos na Record, Adriana Araújo decidiu pedir as contas e processar a empresa. A jornalista, que está na emissora desde 2006, quer o reconhecimento de seus vínculos trabalhistas e alega ter sido vítima de discriminação e injustiças pela parte da empresa. Ainda não foi acordado o valor a ser recebido pela profissional caso ela ganhe a disputa.

O caso está correndo na 63ª Vara do Trabalho de São Paulo e, de acordo com o Notícias da TV, desde junho quando o processo foi interpelado, já aconteceram duas audiências entre Adriana e a Record. De acordo com a profissional, ela não foi contemplada com o processo de assinatura de carteira que a emissora adotou em 2016. Ela foi contratada como PJ (pessoa jurídica), ou seja, quem realiza trabalhos para empresas sem vínculo empregatício. Adriana alega que a discriminação foi referente a não ter sido escolhida pra a regularização de sua situação trabalhista.

Leia Mais: AUSTRÁLIA MATA CACHORROS EM CANIL PARA TENTAR CONTER A COVID-19

spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

+ Notícias

João Roma visita o Aprisco e sobre a requalificação da Feira Livre de SAJ diz: “Vamos somar forças para que isso possa ter início...

O Ministro da Cidadania, João Roma, esteve neste último sábado (11), visitando o Centro de Recuperação Aprisco em Santo...