24.5 C
Santo Antônio de Jesus
terça-feira, 26 outubro, 2021

Nome sujo: o que acontece após cinco anos? Entenda

Relacionados

Nome sujo, muitos brasileiros acreditam que depois de terem seu CPF negativado, não será preciso pagar a dívida; pois essa simplesmente deixará de existir após cinco anos.

É preciso entender que as dívidas que não são quitadas, permanecem pendentes. O que realmente acontece é a retirada dos nomes dos inadimplentes das listas dos órgãos de proteção ao crédito, após esse período.

Saiba melhor sobre o assunto, no decorrer do artigo.

O que é nome sujo?

Quando uma pessoa compra a prazo e não paga sua dívida, no tempo estabelecido pela empresa, poderá ter seu CPF negativado (o que é conhecido por nome sujo).

Nesse caso, fica sob responsabilidade da empresa avisar os órgãos de proteção ao crédito sobre a dívida. Esses órgãos entram em contato com o cliente em débito, avisando que seu CPF ficará negativado se a dívida não for paga ou negociada.

Como saber se meu nome está sujo?

O Serasa e o Boa Vista oferecem sites para consulta do status do seu nome, de forma gratuita, simples e rápida; basta realizar um cadastro.

O SPC também disponibiliza sites e postos de atendimento presencial, mas nesses casos é necessário pagar uma taxa pelo serviço.

Qual é o prazo da dívida?

O prazo máximo estipulado para que a dívida seja cobrada é de cinco anos. Após esse período, a empresa credora não poderá negativar o nome do cliente em débito e deverá retirar o consumidor das listas de restrições.

Quando o credor não entrar na Justiça neste tempo, não poderá entrar depois desse prazo.

É importante ressaltar que, a dívida não deixou de existir, o que aconteceu foi a retirada do nome do cliente das listas dos órgãos de proteção ao crédito. Se o credor quiser cobrar a dívida de maneira amigável, após esse prazo, nada o impede de fazer isso.

Como proceder se mesmo após cinco anos o CPF continuar negativado?

Se após o período de cinco anos, o CPF permanecer com restrições ou for incluído novamente nas listas dos órgãos de proteção ao crédito, o consumidor poderá exigir uma compensação em dinheiro por isso.

Sabemos que a negativação traz consigo várias consequências,como: dificuldade para conseguir empréstimo e financiamentos e transtornos para abrir uma conta corrente ou adquirir um cartão.

Por isso é fundamental acompanhar o status do seu CPF e tomar as atitudes necessárias para assegurar seus direitos.

É importante lembrar que, o prazo para que o nome deixe de estar restrito é de cinco dias úteis.

 Como renegociar uma dívida?

A renegociação é uma forma de quitar a dívida, por um valor que cabe no bolso do consumidor. Em alguns casos, é a própria empresa credora quem tem a iniciativa de renegociar o que está em débito, através de sites e aplicativos.

Outra alternativa muito utilizada pelos consumidores que tiveram seus CPFs negativados é participar de campanhas e feirões para a quitação da dívida.

O Serasa Limpa Nome é um bom exemplo, através dele o cliente poderá renegociar sua dívida com um grande desconto.

 

LEIA MAIS: EMPRÉSTIMO DO BNDES: VALOR PODE CHEGAR A R$ 20 MIL; VEJA MAIS

spot_img
spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

+ Notícias

Vídeo: Cantor Gusttavo Lima emociona web ao atender fã cadeirante

Gusttavo Lima emocionou os seguidores das redes sociais ao atender um menino cadeirante antes de um show em Goiânia. O...