24.5 C
Santo Antônio de Jesus
terça-feira, 26 outubro, 2021

OVNI ou miragem? ‘Objeto’ em geleira do Alasca intriga e viraliza nas redes; veja vídeo

Relacionados

Um vídeo publicado pelo perfil oficial do parque Glacier Bay National Park and Preserve, no Alasca, parece revelar algo tão grandioso quanto inesperado: um objeto voador não identificado, flutuando sobre as águas da Baía dos Glaciares, na região sudeste do gelado estado dos EUA. O que em um primeiro olhar o objeto  pode parecer uma prova interessante de um OVNI cruzando a paisagem do parque, em verdade não passa de uma simpática ilusão de ótica, como explica a própria postagem original, tendo a atmosfera terrestre funcionando como uma espécie de lente especial.

Tal efeito visual é conhecido como “Fata Morgana”, e se dá quando ocorre uma inversão térmica, ou o encontro de ares de diferentes densidades. “A atmosfera da Terra age como lentes refratárias, criando o efeito de miragem que se vê”, diz o post. A miragem é comum em montanhas altas, bem como na superfície das águas árticas, especialmente pela manhã, quando objetos que se encontram no horizonte – como ilhas, barcos ou icebergs – demonstram aparência alargada e elevada, como se estivessem esticados e até mesmo flutuando.

“O ar gelado e calmo se forma na superfície da água – então, se a densidade quente do ar empurra para baixo o ar gelado na superfície, a lente se cria”, segue a postagem. O texto esclarece que o fenômeno ocorre em dias quentes, de cerca de 21ºC ou mais, na Baía dos Glaciares, mas que não é exclusivo dos meses de verão. “A miragem reflete tudo que estiver no horizonte em uma faixa reflexiva na linha do horizonte, distorcendo formas nas linhas costeiras e nas ilhas”, conclui o post da página Glacier Bay National Park and Preserve.

Este e outros vídeos mostrando o fenômeno rapidamente começaram a ser compartilhados como possíveis registros de OVNIs no estado do Alaska, mas a ciência prontamente explicou o fenômeno. É comum que registros da miragem “Fata Morgana” sejam apresentados como imagens de ocorrências sobrenaturais ou de OVNIs, mas o fenômeno ótico da refração é comum e recorrente em todo o mundo – especulações sugerem que tal miragem pode ter provocado até mesmo o naufrágio do Titanic, confundindo o comandante a não desviar a rota na direção do Iceberg contra o qual o navio viria a colidir.

Leia Mais: Wagner Santiago, do ‘BBB 18’, fala sobre vídeo íntimo vazado: ‘Fiz despreocupado’

 

spot_img
spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

+ Notícias

WhatsApp deixará de operar em aparelhos antigos; Confira os modelos afetados

Com o lançamento novas funcionalidades, o WhatsApp acaba exigindo cada vez mais performance dos aparelhos celulares. Com o passar do tempo, modelos...