24.5 C
Santo Antônio de Jesus
terça-feira, 26 outubro, 2021

Primeiro caso da variante delta do coronavírus é confirmado em Lauro de Freitas

Relacionados

A Secretaria Municipal da Saúde (SESA) de Lauro de Freitas confirmou neste sábado (25) o primeiro caso de contaminação de um morador do município pela variante delta do coronavírus. O paciente, de 45 anos, passa bem, segue em isolamento, e não precisou ser internado.

O sábado no município também foi marcado pela realização de uma barreira sanitária no Bairro do Aracui. No local foram realizados testes para averiguação de casos de infecção pelo coronavírus.

A Prefeitura de Lauro de Freitas reforça o alerta para o vírus. O município continua realizando campanhas em seu site e redes sociais, destacando a necessidade da população, mesmo após a vacinação, manter todos os cuidados para evitar a proliferação do vírus no município, a exemplo do uso de máscara e álcool em gel. A administração municipal também realiza ações de fiscalização em estabelecimentos autorizados a funcionar, especialmente bares e restaurantes, para evitar ou interromper aglomerações.

Durante a ação realizada na manhã deste sábado, 62 pessoas foram testadas. Deste público, 35 apresentaram resultado negativo para a Covid-19, 21 deram IGG positivo e seis positivos para IGG+IGM. Ao chegarem à barreira sanitária, montada em frente ao Ginásio do Aracui, os cidadãos passavam por uma consulta de enfermagem antes da realização do teste rápido dos anticorpos (IGG e IGM) para identificar se seria um caso de infecção em curso.

Os casos confirmados para Covid-19 no teste rápido foram encaminhados para consulta com um médico no mesmo local e para uma segunda testagem, a coleta de RT-PCR, com o uso do swab. De acordo com Daniel de Assis, diretor da Vigilância Epidemiológica (VIEP), o RT-PCR é indispensável para identificar se o paciente está com o vírus sarscov-2 ou alguma variante da doença. O material coletado é enviado para o Laboratório Central da Bahia (LACEN).

“Além da testagem realizada em nossas unidades de saúde, a exemplo do Pronto Atendimento Santo Amaro de Ipitanga, realizamos esta ação nos bairros para identificar possíveis pacientes sintomáticos respiratórios, para retirarmos estes indivíduos de circulação, evitando o convívio social durante o curso da doença, evitando desta forma que a transmissibilidade do vírus aconteça”, declarou Daniel de Assis.

spot_img
spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

+ Notícias

Vídeo: Dieta para gordura no fígado: O que comer e o que evitar

A dieta para gordura no fígado tem como objetivo melhorar a qualidade da alimentação para diminuir os níveis de...