24.5 C
Santo Antônio de Jesus
segunda-feira, 6 dezembro, 2021

Santander anuncia seguro para Pix a partir de R$ 9,99 por mês; Veja

Relacionados

Santander se prepara para o lançamento do seu primeiro seguro voltado para transações via Pix. A novidade, anunciada nesta quinta-feira, 21, recebeu o nome de “Seguro Transações”. O serviço tem custo de R$ 9,99, podendo variar conforme o plano escolhido.

As indenizações serão feitas em casos de transferências Pix, DOC, TED e TEF mediante coação do cliente. A nova funcionalidade, a ser liberada a todos os correntistas do banco até novembro, chega em um momento de alta na prática de fraudes, golpes, dentre outros crimes relacionados ao novo sistema de pagamentos do Banco Central (BC).

Para se ter uma ideia, de acordo com a Kaspersky, empresa de cibersegurança, foram bloqueadas mais de 22 milhões de tentativas de pishing desde o lançamento do Pix. Cerca de 81% das denúncias de golpe utilizavam nomes de instituições financeiras conhecidas.

“Os crimes envolvendo operações online migram o tempo todo e, atualmente, estão mais expostas as pessoas que possuem aplicativos bancários habilitados no celular. Criamos o produto para dar ainda mais segurança a esses clientes e levar um pouco de tranquilidade a quem eventualmente passar por situações de risco, insegurança ou coação em eventos traumáticos, como um assalto ou sequestro relâmpago”, disse Marcelo Labuto, diretor de Produtos Pessoa Física do Santander Brasil.

Cobertura do Seguro Transações do Santander

O cliente correntista que contratar o novo Seguro Transações do Santander terá cobertura em casos de transferências via Pix, DOC, TED e TEF ocorridas por meio coação ou sob ameaças. Por outro lado, o banco reforça que não são cobertas no seguro circunstâncias de golpes e fraudes em que o consumidor é enganado a fazer a transação.

O Santander disponibiliza três planos distintos para contratação do seguro. Os preços variam entre R$ 9,99, R$ 18,99 ou R$ 24,99. As opções, por sua vez, oferecem indenizações diferentes, nos valores de R$ 3,5 mil, R$ 8 mil ou R$ 20 mil, respectivamente.

É importante destacar que os valores se referem aos limites de ressarcimento no prazo de um ano, ou seja, eles se aplicam para uma ou mais ocorrências dentro de 12 meses. Dessa forma, o correntista não terá mais direito à indenização caso atinja o teto.

O novo serviço pode ser contratado no aplicativo do Santander ou em qualquer caixa eletrônico da instituição. No momento, a oferta inicial do Seguro Transações acontece para quem é correntista pessoa física, indisponível ainda para pessoas jurídicas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img
spot_img

+ Notícias

12 chás para gordura no fígado; Melhores opções e dicas

O fígado é um órgão indispensável para manter a saúde do organismo. Ele atua como uma espécie de filtro para...