24.5 C
Santo Antônio de Jesus
domingo, 3 julho, 2022

Auxílio Brasil: Governo pode ‘barrar’ 8 milhões de pessoas da lista de pagamentos: Entenda a seguir

Relacionados

Auxílio Brasil segue incluindo novos beneficiários com o passar dos meses. Mas se por um lado novas famílias tornam-se contempladas, do outro, milhões de pessoas podem deixar de receber os recursos do programa em breve. Entenda a seguir!

Exclusão de pessoas do Auxílio Brasil

Para garantir o pagamento do Auxílio Brasil aos beneficiários que realmente precisam da ajuda, o governo federal utiliza os dados do Cadastro Único (CadÚnico). Portanto, é fundamental que os inscritos no programa estejam com suas informações atualizadas no banco de dados para continuar recebendo os recursos.

O CadÚnico funciona como o sistema do governo que coleta e reúne as informações socioeconômicas da população de baixa renda e as direciona para outros benefícios sociais, como o Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE), Benefício de Prestação Continuada (BPC), Carteira da Pessoa Idosa, dentre outros.

Sendo assim, os dados repassados durante a inscrição devem ser atualizados obrigatoriamente a cada dois anos ou quando houver alguma mudança na composição familiar, como número de membros, situação salarial e mudança de endereço. Caso isso não aconteça, a família e todos os membros perdem o acesso aos programa sociais nos quais foram inseridas.

8 milhões de famílias podem perder o Auxílio Brasil

O governo federal identificou que oito milhões de famílias precisam atualizar o Cadastro Único ainda este ano, caso contrário elas perderam o acesso aos benefícios dos quais participam. O grupo realizou as atualizações pela última vez em 2016 e 2017.

Portanto, é fundamental que as famílias que estão com os dados irregulares, bem como aquelas incluídas na averiguação cadastral, regularizem suas informações o quanto antes e assim mantenham seus benefícios em dia.

O processo de atualização cadastral do CadÚnico está disponível na unidade do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) do município onde a família reside. Além disso, por meio do aplicativo CadÚnico é possível consultar a situação do cadastro e conferir o que precisa ser entregue.

spot_img
spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

+ Notícias

‘Como dói ingratidão e traição de quem mais amamos’, diz Andressa Urach em desabafo

Andressa Urach fez um desabafo em seus stories, do Instagram, na madrugada desta quarta-feira (29), no qual ela reclama sobre...