24.5 C
Santo Antônio de Jesus
quarta-feira, 10 agosto, 2022

7 hábitos que evitam o AVC que você deve incluir na sua rotina

Relacionados

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é causado pela falta de circulação sanguínea no cérebro. Pode provocar obstrução dos vasos sanguíneos, o AVC isquêmico (o tipo mais comum de AVC), ou a ruptura do vaso, o chamado AVC hemorrágico. Aproximadamente cem mil pessoas morrem por ano em decorrência do AVC.

Veja também: 5 coisas que geram problemas no coração e você não sabia: Aprenda a evitar os transtornos

Existem diversos fatores que elevam os riscos de ter um derrame, maioria está relacionado ao estilo de vida e alimentação.  A revista Journal of the American Heart Association publicou no último dia 20 de julho, uma pesquisa em que revela os hábitos que evitam o AVC.

O resultado partiu do estudo de 11.568 adultos, com idades entre 45 e 64 anos, que foram observados durante 28 anos. Os cientistas realizaram análises através do cruzamento de informações de saúde dos indivíduos. Deste modo, foi possível definir sete hábitos que reduzem as chances de sofrer um derrame.

7 hábitos que evitam o AVC

Ter uma dieta saudável e nutritiva

O controle racional dos alimentos consumidos é extremamente importante na prevenção do AVC. Ingerir fontes de proteínas, vitaminas e minerais são ótimos, também, no combate a outras possíveis doenças e no fortalecimento do organismo em geral.

Estar com peso ideal

O peso adequado depende de fatores como altura, massa óssea e idade. Mas, pessoas com índice de Massa Corporal (IMC) equilibrado têm menos riscos de ter problemas de saúde como pressão alta e diabetes, principais fatores que causam o AVC.

Fazer exercícios 

Atividades aeróbicas, musculação ou outros esportes são importantes para a saúde. Promovem bem-estar, diminuem os riscos de diabetes, ansiedade e derrame.

Evitar o fumo

Se livrar do vício de fumar ou evitá-lo ajuda a diminuir os riscos. Pois estima-se que cerca de 20% dos casos de AVC têm relação com o hábito de fumar.

Evitar o excesso de açúcar 

Comer muito açúcar, carboidratos à base de farinha branca e estar sedentário aumentam os níveis de glicemia no sangue, pois afetam a insulina. Para evitar os riscos de sofrer um derrame é importante manter sob controle as taxas de açúcar e evitar a obesidade e outros problemas decorrentes.

Não ter pressão alta

O problema de ter pressão alta está diretamente relacionado aos riscos de AVC. Isso porque a hipertensão ataca os vasos sanguíneos, prejudicando o funcionamento de alguns órgãos, como o coração, os rins e o cérebro.

Fazer exercícios

A prática regular de exercícios físicos aliada à uma alimentação equilibrada reduz as chances de ter o LDL ou “mau” colesterol alto. Já que o excesso desse colesterol causa a formação e acúmulo de placas de gordura nas artérias, elevam os riscos de AVC por dificultar a circulação sanguínea.

spot_img
spot_img
spot_img

1 COMENTÁRIO

  1. Muito bom este sítio. Difícil é fazer as pessoas seguirem estas regras. Parece um anátema. Todos falam, todos aprovam, mas poucos praticam de fato. Também os governantes não nos proporcionam condições para ter impávida saudável. Nossas cidades não têm jardins, não têm parques, nem estruturas para a prática de esportes passando o esporte a ser um artigo de luxo reservado às classes privilegiadas, aos demais resta só o trabalho, o sedentarismo da televisão, dos jogos de salão – cartas, dominó, etc – e o esporte virou espetáculo no lugar da prática. O indivíduo, apenas um consumidor, um eleitor. Não há saúde sem conscientização política. Tenham certeza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

+ Notícias

Campanha de vacinação antirrábica 2022 começa nesta segunda (08) em SAJ; confira unidades

Santoantonienses poderão vacinar seus animais a partir de hoje (08) até 23 de setembro. A campanha de vacinação antirrábica 2022 iniciou...