24.5 C
Santo Antônio de Jesus
segunda-feira, 15 agosto, 2022

Bruno Gagliasso abre o jogo sobre racismo sofrido pelos filhos: ‘Fiquei muito mal’

Relacionados

Bruno Gagliasso se emocionou ao desabafar sobre o racismo sofrido pelos filhos Titi e Bless. Na quarta (6), o ator confessou que “ficou muito mal” ao ver o preconceito enfrentado pelas crianças e que, desde então, mudou sua atitude e passou a defender a bandeira racial, inclusive em seus trabalhos.

“A gente tem que ir para ação. É muito fácil falar ‘eu não sou racista’, mas e o que você faz para combater o racismo? Eu sou um cara que aprendeu tomando p o r r a d a por conta dos meus filhos e quando caiu minha ficha, fiquei muito mal porque vi que era racista”, destacou Gagliasso em entrevista ao Saia Justa, do GNT.

Durante a conversa com Astrid Fontenelle, Sabrina Sato, Luana Xavier e Larissa Luz, o ator explicou o seu posicionamento sobre a questão racial: “Vou ser um eterno antirracista e vou estar sempre em desconstrução porque fui criado de uma maneira que não me ajudou, não fui educado dessa maneira. Tive que aprender vendo os meus filhos sofrerem e isso é muito forte, muito difícil”, disse.

“Agora, não deixo passar. Não deixo passar na escola, não deixo passar no restaurante”, complementou o galã.

Gagliasso confessou que, após adotar esse posicionamento, chegou a perder trabalhos: “Já vieram falar para mim: ‘Não chama o Bruno para esse trabalho porque ele só vai fazer se tiver gente preta’, e eu falei: ‘É isso mesmo! Avisa que é verdade’. Não me chama, não vou fazer um trabalho que não tem gente preta”.

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

+ Notícias

Quem pode solicitar a emissão do Novo RG dos brasileiros a partir de agosto?

Conhecido como Carteira de Identidade Nacional, o Novo RG terá suas primeiras impressões em 4 de agosto deste ano. Essa certidão...